Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Perguntas frequentes
Início do conteúdo da página

Perguntas frequentes

Publicado: Terça, 27 de Novembro de 2018, 12h13 | Última atualização em Domingo, 17 de Fevereiro de 2019, 22h12

 

PÚBLICO ALVO: interessados em ingressar como discentes do curso.

 

O que é o Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais (PPGCF)?

Resposta: O PPPGCF é um programa de pós-graduação stricto sensu reconhecido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) que concede o título de Mestre ou Doutor em Ciências Florestais para os concluintes. Os cursos de mestrado (em funcionamento) e doutorado (em processo de desligamento) são compostos por disciplinas obrigatórias, disciplinas optativas, atividades de proficiência em língua estrangeira, estágio de docência e da elaboração de uma pesquisa de dissertação para mestrado e de tese para o doutorado na área de Ciências Florestais que devem ser orientadas por um docente permanente do programa. Para aprovação das pesquisas de tese e dissertação é necessário passar pelos exames de qualificação e defesa final diante de uma banca avaliadora. A duração dos cursos de mestrado e doutorado é de 24 e 36 meses, respectivamente.

Quais os tipos de pós-graduação ofertadas pelo programa?

Resposta: No momento o programa de pós-graduaçaõ oferta apenas Mestrado em Ciências Florestais.

Como posso candidatar-me a estudar no programa?

Resposta: Por meio de processo seletivo divulgado nessa página. Cabe aos interessados ficarem atentos às novas divulgações.

Como funciona o processo seletivo?

Resposta: As normas dos processos seletivos são regidas por editais específicos publicados para cada processo seletivo e podem variar entre editais. Portanto, cabe aos interessados fazerem a leitura do edital de interesse. 

Qual o período de inscrições do processo seletivo?

Resposta: Os períodos de inscrição também estão estipulados nos editais. Entretanto, cabe ressaltar que, para cada ano, o comum é o lançamento de um a dois editais, podendo haver variações e editais extras dependendo da liberação de vagas no curso. Um dos dois editais frequentes é para entrada no primeiro semestre letivo (normalmente março) e, portanto, normalmente é publicado no período entre outubro e dezembro do ano anterior. O outro edital costuma ser publicado entre março e junho para ingresso em agosto do mesmo ano. Essas informações são apenas estimativas, sendo que os períodos de inscrição estarão estipulados em todos os editais lançados.

O curso oferece bolsas de estudo?

Resposta: Sim, o curso tem cotas de bolsa da Capes e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Entretanto o número de bolsas pode ser inferior ao número de vagas oferecidas num determinado processo seletivo, sendo que o ingresso no curso não é garantia de concessão de bolsa.

O curso é integral?

Resposta: Sim, o curso é integral e demanda dedicação exclusiva do discente.

Posso trabalhar e cursar o PPGCF/UFRA?

Resposta: Não há proibição para o discente trabalhar em meio público e privado, mas o mesmo deverá atender a todas as demandas do curso da mesma forma que os discentes que não trabalham.

Posso trabalhar e cursar o PPGCF/UFRA recebendo bolsa de estudo?

Resposta: Não pode. As bolsas de estudo só podem ser concedidas a discentes que declaram não ter vínculo empregatício ou que mantém vínculo empregatício, mas abriram mão da remuneração durante o tempo que estiverem no curso.

________________________________________________________________________________________________________________________

PÚBLICO ALVO: discentes do curso.

 

Qual o procedimento para agendamento de bancas de qualificação e defesa final?

Resposta: O orientador deve fazer o agendamento pelo Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA) com vinte dias de antecendência considerando a data da defesa de qualificação e final. As informações necessárias são resumo do trabalho, palavras-chave e membros da banca (instituição e tipo – interno ao programa, externo ao programa, externo à instituição). No caso de membros externos que participam de banca pela primeira vez, é necessário o número do CPF para primeiro cadastro SIGAA/UFRA. Em caso de dificuldade em cadastro de banca por problemas operacionais, a secretaria do PPGCF deve ser informada.  

Até quando é possível trancar disciplinas?

Resposta: Até o período estipulado pelo calendário acadêmico de cada semestre. Mesmo que o sitema permita pedido de trancamento, a coordenação considerará a data estipulada pelo calendário vigente.

Como faço para fazer o Toefl?

Resposta: A UFRA aplica o Toefl via Assessoria de Cooperação Interinstitucional e Internacional. Entretanto, o teste pode ser realizado por outras instituições.

Qual nota mínima para aprovação em exame de proeficiência do Toefl/ITP aplicado pela UFRA?

Resposta: A nota máxima do Toefl/ITP é 667, portanto a nota mínima para aprovação é 50% desse valor (333,5).

Qual nota mínima para aprovação em exame de proeficiência de outras categorias do Toefl?

Resposta: A nota mínima da avaliação é 50% do teste realizado.

________________________________________________________________________________________________________________________

PÚBLICO ALVO: professores interessados em compor o quadro docente do curso.

 

Qual a qualificação demanda para ser professor do programa?

Resposta: Ser doutor titulado por instituição reconhecida pelo MEC nacional ou internacional e ter pontuação mínima (a ser julgada pelo colegiado do curso) em produção científica com aderência na área de Ciências Florestais (a ser julgada pelo colegiado do curso).

Como faço para me candidatar?

Resposta: O professor deve preencher o formulário de pedido de credenciamento no curso, assinar e protocolar juntamente com o currículo lattes no protocolo da UFRA. Para professores que residem fora de Belém, são aceitos formulários digitalizados e enviados para o e-mail da coordenação. O pedido será analisado pelo Colegiado PPGCF/UFRA em reunião ordinária e extraordinária e o candidato será avisado da decisão.

Professores que não são da UFRA, residindo ou não em Belém, podem se candidatar?

Resposta: Sim, mas a viabilidade de participação e decisão pelo credenciamento será tomada pelo colegiado PPGCF/UFRA.

Fim do conteúdo da página